12 de abril de 2013 às 18h20min - Por Mário Flávio

20130412-182147.jpg

Terminou agora há pouco a reunião do prefeito Zé Queiroz (PDT) com os vereadores de oposição e situação de Caruaru. Dos 23 edis que fazem parte da atual Legislatura, 18 compareceram ao encontro e os demais que não estiveram presentes, justificaram a ausência. Do total, 15 são da base governista e da oposição vieram Jajá (PPS), Neto (PMN) e Rozael do Divinópolis (PMN). O prefeito abriu a reunião explicando os motivos do encontro e disse que as reuniões com as duas bancadas serão constantes, já que ele disse que vai cumprir o discurso feito no dia da posse, quando garantiu que iria envolver o poder Legislativo em vários debates.

“Eu quero dividir com o poder Legislativo as responsabilidades. Os vereadores têm os mesmos objetivos que os nossos, que a cidade cresça e tenho que incluir os edis de oposição. Os sete votaram na candidata e ela perdeu a eleição, mas isso não quer dizer que eles irão torcer contra o desenvolvimento da cidade. Por isso que vamos agir juntos”, pontuou o prefeito de Caruaru.

Na sequencia, a secretaria de Comunicação, Carolina Miranda, apresentou aos vereadores o Jornal Informativo, que foi feito para lembrar os 100 dias de governo e a apresentação em slides do balanço das ações nos quatro primeiros meses de governo, situação similar a que foi feita junto aos jornalistas. O vereador Leonardo Chaves (PSD) falou em nome dos vereadores. O decano na Câmara iniciou a fala parabenizando ao prefeito pela reunião e disse que a conversa contribui para que as responsabilidades sejam divididas. “Caruaru tem uma situação diferente de outras prefeituras, que dependem quase exclusivamente do FPM, temos uma receita autônoma e com um grande administrador e isso facilita bastante”, garantiu.

O prefeito seguiu com a reunião e pediu ao líder do governo Dr. Demóstenes (PSD), para que ele tenha um conversa com os vereadores Val e Louro do Juá, ambos do DEM, Eduardo Cantarelli (PSDB) e Evandro Silva (PMDB), para que eles compareçam na próxima reunião, para que o diálogo seja iniciado com eles. O vereador garantiu que já existe uma conversa e que a oposição contribuí. “Temos uma oposição que ajuda para desenvolver a cidade, sei que existem algumas críticas e exageros, mas estamos juntos para trazer o melhor para a cidade”, disse o Dr. Demóstenes.

O vereador Rozael do Divinópolis falou em nome da oposição e inicio a conversa cobrando a instalação do Orçamento Participativo. Ele não perdeu a oportunidade e fez um apelo sobre a praça do bairro em que mora, além da criação de um PSF. Em seguida o vereador Neto usou a palavra e fez elogios a gestão do prefeito Zé Queiroz. “Sou oposição, mas não sou radical e já precisei do governo por duas vezes e fui atendido em ambas. O seu governo não persegue a oposição, mas atende ao que nós pedimos. Parabenizo ao senhor e sua gestão”, citou Neto ao prefeito Zé Queiroz.

Ao fim do encontro o prefeito de Caruaru anunciou uma nova reunião, mas com a bancada governista, para anunciar uma série de medidas.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro