14 de agosto de 2012 às 07h00min - Por Mário Flávio

Os Policiais Rodoviários Federais lotados em Pernambuco anunciaram na noite desta segunda-feira (13) o início da greve da categoria no próximo dia 20. Segundo informações do SINPRF/PE, em 77 anos de existência do órgão, esta será a primeira greve geral. Os policiais reivindicam, entre outros pontos, correção das distorções salariais e reconhecimento do nível superior para o cargo de policial rodoviário federal.

O sindicato da categoria anunciou uma série de ações que serão adotadas pelos policiais no intervalo entre o anúncio e início da paralisação. Neste período, a PRF não fará registros de multas e iniciará uma série de vistorias nos equipamentos de segurança e documentos do órgão. A PRF também anunciou que só serão atendidos os acidentes com feridos ou mortos e que não serão encerrados os boletins das ocorrências.

Os profissionais que detém funções gratificadas prometem aderir à greve e entregar as funções de chefia em apoio ao movimento. O sindicato afirma que o órgão já trabalha com o efetivo mínimo, o que torna inviável o funcionamento da instituição com a deflagração da greve. Os policiais também declararam que não temem o corte de ponto, prática adotada pelo governo federal para enfraquecer as paralisações de servidores.

Segundo Paulo Arcoverde, presidente do SINPRF/PE, a greve foi a única alternativa encontrada pela categoria para conseguir alcançar os pontos que reivindicam. “Sem o avanço das negociações com o governo federal, esta será a primeira vez que entramos em greve. Só tivemos essa opção pela forma como fomos tratados pelo governo”, declarou.

20120814-070015.jpg


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro