12 de fevereiro de 2013 às 10h25min - Por Mário Flávio

A diretoria internacional da Petrobrás é alvo de uma dis­puta política até agora silen­ciosa entre a presidência da estatal e o PMDB. A pasta era ocupada pelo partido e está informalmente vaga desde abril de 2012, quando a presi­dente Maria das Graças Foster afastou três diretores que chegaram aos cargos por indicação política.

Depois das eleições no início do mês para as presidências da Câmara e do Senado, vencidas pelo PMDB com larga vanta­gem, intensificaram-se as pres- soes para que o cargo seja preenchido por um indicado do partido. Também duas dire­torias da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Bio- combustíveis (ANP), vagas des­de o ano passado, são cobiça­das pelo grupo de peemedebistas vitoriosos.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro