23 de outubro de 2017 às 07h07min - Por Mário Flávio

paulo-camara-foto-aluisio-moreira-sei

Por Inaldo Smpaio

O secretário Márcio Stefanni (Planejamento e Gestão) estará hoje na Assembleia Legislativa para debater com os parlamentares a Lei Orçamentária Anual de 2018. O Governo do Estado está destinando R$ 3,6 bilhões para o combate à violência em Pernambuco no próximo ano, volume somente inferior ao que será aplicado nas áreas de educação e saúde. Trata-se de um percentual de recursos que nenhum outro governo destinou, motivo pelo qual a população espera que haja uma redução nos índices de criminalidade no próximo ano, especialmente no que toca aos homicídios, semelhante à que houve nos bons tempos do “Pacto pela vida”. O governo tem informado aos pernambucanos por meio de sua propaganda institucional que já realizou dois concursos para as duas Polícias (Civil e Militar) e que comprou mais de mil novas viaturas para a Secretaria de Defesa Social. Tudo verdade. Mas esse é o tipo de informação que a população consome com um pé atrás. Ao morador de Petrolina, de Caruaru ou do Recife, por exemplo, o que interessa saber é se o número de homicídios está caindo, independente do número de novos policiais colocados nas ruas. Ou seja, o que a população deseja é paz.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro