3 de janeiro de 2018 às 07h11min - Por Mário Flávio

Levantamento feito pela Folha de São Paulo, publicado nesta terça-feira (2), revela que o PDT, embora faça oposição ao presidente Michel Temer, é o partido que tem o maior número de filiados em cargos de primeiro escalão nos governos estaduais, seguido pelo PMDB, PSB, PSDB e PSD.

Os pedetistas ocupam cargos em 13 governos estaduais, entre eles Pernambuco, tendo assumido no mês passado a Secretaria de Agricultura do governo Paulo Câmara.

O secretário Wellington Batista foi indicado pelo deputado federal Wolney Queiroz, presidente regional do partido e seu pai, José Queiroz, ex-prefeito de Caruaru.

O PDT tem 22 secretários em vários estados. O PMDB, maior partido político do Brasil, participa de 9 governos com 19 secretários.

O PDT administra diretamente dois Estados, ambos na região Norte: Amazonas (Amazonino Mendes) e Amapá (Waldez de Góes).

No Ceará e na Bahia, o partido governa com o PT. No primeiro, tem a vice-governadora Izolda Cela e o prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio. No Pará, apoia o PSDB. Em Pernambuco, apoia o PSB. E assim por diante.

Na Câmara Federal, o PDT tem apenas 21 deputados, sendo que a bancada mais numerosa é a do Ceará: quatro parlamentares.

O partido pretende disputar a Presidência da República nas próximas eleições do o ex-ministro Ciro Gomes e, em Pernambuco, lançar a candidatura de José Queiroz para o Senado.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro