20 de abril de 2018 às 07h24min - Por Mário Flávio

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, ontem, conceder prisão domiciliar ao deputado federal Paulo Maluf(PP-SP) por razões de saúde.
A questão foi decidida após a votação na qual a Corte definiu que Maluf não pode recorrer em liberdade da condenação de 7 anos e 9 meses de prisão pelo crime de lavagem de dinheiro.

A decisão confirma liminar proferida pelo ministro Dias Toffoli, que, no mês passado, determinou que o deputado passe do regime fechado, no presídio da Papuda, em Brasília, para prisão domiciliar.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro