11 de dezembro de 2013 às 19h11min - Por Mário Flávio

20131211-191013.jpg

O Programa Mãe Coruja Pernambucana, que é referência internacional no combate à mortalidade infantil, foi destacado, na tarde desta quarta-feira (11), no plenário da Assembleia Legislativa (Alepe), pela deputada Raquel Lyra (PSB). A parlamentar informou que durante encontro, hoje e amanhã, no município de Gravatá, cerca de 450 pessoas vão apresentar mais de cem trabalhos no intuito de contribuir com a sistematização das experiências vivenciadas ao longo desses seis anos de aprendizados e discutir o modelo de gestão.

O programa tem o objetivo de garantir uma boa gestação e um bom período posterior ao parto às mulheres, e às crianças, o direito a um nascimento e desenvolvimento saudável, assim como estimular o fortalecimento dos vínculos afetivos entre mãe, filho e família.

Atualmente, o “Mãe Coruja” é desenvolvido por nove secretarias estaduais. A intersetorialidade do programa também é vista na sua formação e desenvolvimento das ações, que já conseguiram diminuir de 21,3 para 15,7 o coeficiente de mortalidade infantil em Pernambuco, para cada grupo de mil nascidos vivos. Hoje, o programa está implantado em todas as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres), totalizando 103 municípios.

“Aproveito para parabenizar todos os profissionais envolvidos nas ações do Programa. O Mãe Coruja Pernambucana é a prova de que é possível cuidar da saúde de nossas crianças de forma integral. Um olhar diferente desde a concepção com foco no seu futuro”, disse a deputada.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro