11 de janeiro de 2018 às 00h50min - Por Mário Flávio

Após ter a a autorização do empréstimo derrotada na Câmara de Caruaru, a prefeita Raquel Lyra, corre contra o tempo e muda a estratégia para esclarecer pontos sobre o projeto, que será reenviado à Casa nos próximos dias. Nesta quarta-feira (10), houve uma reunião entre secretários municipais e vereadores promovida pela Caixa Econômica Federal e com a participação de Raquel.

De acordo com a gestão, o encontro serviu para apresentar o programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (FINISA), para o qual a Prefeitura de Caruaru foi selecionada no mês de dezembro de 2017.

Na ocasião, a superintendente regional da Caixa, Simone Benevides, apresentou o programa, as condições para os municípios que o adquirem e os benefícios gerados por ele. “O Finisa é uma linha de crédito voltada, exclusivamente, para investimentos em requalificação, construção, pavimentação e outros tipos de serviços de infraestrutura. O dinheiro não pode, por exemplo, ser usado para o pagamento de dívidas”, explicou.

Para ser contemplado no programa, o município precisa apresentar um projeto onde estejam definidos valores dos gastos, serviços e localidades beneficiadas. No documento entregue à Caixa pela Prefeitura Municipal, constam investimentos de R$ 11 milhões em pavimentação e recapeamento de vias do município; R$ 14 milhões na implementação do projeto urbanístico da Via Parque, que vai privilegiar bairros cortados pela via férrea; R$ 4,5 milhões com a requalificação do centro comercial da cidade; mais de R$ 13 milhões em drenagem de canais e córregos; R$ 15 milhões com infraestrutura para feiras e mercados públicos, dentre outras obras.

Com essas e outras reuniões, a gestão municipal acredita que vai conseguir os 16 votos necessários para aprovação do projeto de financiamento pela Caixa, no valor de R$ 83 milhões. O mesmo deve ser enviado à Câmara na próxima semana para uma nova votação em sessão extraordinária. Participaram da reunião os vereadores Lula Torres, Leonardo Chaves, Bruno Lambreta, Ranilson Enfermeiro, Galego de Lajes, Pierson Leite, Ricardo Liberato, Heleno Oscar, Tafarel, Edmilson do Salgado, Fagner Fernandes, Duda do Vassoural, Rozael do Divinópolis, Ítalo Henrique e Edjailson da Caruforró. Os demais enviaram representantes.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro