8 de junho de 2012 às 11h14min - Por Mário Flávio

O bispo Dom Dino comemora a vinda de Marcelo Rossi

 

Após 10 anos sem se apresentar em terras pernambucanas, o padre Marcelo Rossi volta a fazer show no Estado. No próximo dia 13, o religioso vem a Caruaru, inaugura a pedra fundamental do memorial de Frei Damião e faz um show no Parque de Eventos Luiz Gonzaga.

O vice-prefeito Jorge Gomes destacou a iniciativa para o futuro do município. “Essa relação com a sociedade civil para a instalação desse santuário é de extrema importância para Caruaru e região. Queria agradecer em nome do prefeito Zé Queiroz a Igreja por essa luta em trazer esse santuário para cá”, Jorge Gomes.

Já o bispo Dom Bernardino Marchió explicou os motivos do show ter sido antecipado do dia 14 para a quarta-feira. “O padre Marcelo viria no dia 14, mas quis o destino que o mesmo viesse no dia de Santo Antônio, ele tem um evento no dia 14 no Paraná e por isso, que tivemos que antecipar a vinda. Com relação ao projeto do Santuário é uma obra muito importante e que há anos vem sendo muito debatida na Igreja. A realização vai mudar a realidade do turismo religioso de Caruaru”, disse Dom Dino.

Representando a ordem dos Capuchinhos, o Frei Francisco disse que o show é essencial para ajudar no processo de santificação do frade. “Esse momento é essencial e de extrema importância para nós que somos da ordem dos capuchinhos. A vinda do Padre Marcelo vem no momento crucial para o processo de beatificação de Frei Damião. Ele está muito empenhado para que o processo de beatificação seja efetivado. Ele nos ajudou muito e queremos um local bom e e bonito para dar continuidade a obra de Frei Damião. Além disso, como devotos de Frei Damião, queremos contribuir para a evolução do turismo religioso na região”, pontuou o Frei Francisco.

Devido ao ano eleitoral, o organizador do evento, Jairo Chaves, descartou a relação da vinda do padre Marcelo com a questão política. “O padre Marcelo vem gratuitamente para a cidade fazer o show em benefício do memorial de Frei Damião. Esse memorial vai ser essencial para mudar a realidade do turismo religioso. A parceria com a Fundação é uma via de mão dupla, a prefeitura cede o espaço e nós o padre Marcelo. Lembrando que fizemos uma logística com a iniciativa privada para viabilizar a vinda do padre”, pontuou.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro