25 de julho de 2015 às 12h09min - Por Mário Flávio

Do blog de Inaldo Sampaio

A declaração do vereador André Régis a este jornal de que “nunca houve acordo” entre o PSDB e o PSB em relação ao Recife é confirmada pelo presidente Antônio Moraes e o ex-presidente Bruno Araújo. De fato, não há compromisso formal do PSDB no sentido de apoiar a reeleição do prefeito Geraldo Júlio, como não existe também no que diz respeito à reeleição de Paulo Câmara. Agora, quando o prefeito Ettore Labanca (São Lourenço) e o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, dizem que não há “meia aliança” entre os dois partidos estão traduzindo o óbvio. Eles querem dizer que estando o PSDB no governo Paulo Câmara, comandando a Junta Comercial e a Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo, não faz sentido lançar candidato próprio à prefeitura do Recife para se contrapor a Geraldo Júlio. Ou todos ficam a favor do governo ou todos voltam para a oposição, é o que afirmam Ettore e Sileno, por mais que o deputado Daniel Coelho e o vereador André Régis insistam em ignorar essa realidade.

Não é aceitável que o PSDB integre o governo Paulo Câmara e lance um candidato a prefeito para se contrapor a Geraldo Júlio


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro