17 de fevereiro de 2021 às 18h33min - Por Mário Flávio

 A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), por meio da 3ª Superintendência Regional, sediada em Petrolina (PE), beneficiou ao longo de 2020 mais de 60 municípios pernambucanos, que somam população de quase 2,5 milhões de pessoas. Ao todo foram investidos cerca de R$ 350 milhões, com recursos de programas do governo federal e do Orçamento Geral da União (OGU) repassados à empresa por meio de emendas parlamentares.

Esse valor foi empregado em ações de fortalecimento da agricultura familiar, abastecimento de água, recuperação da bacia do Rio São Francisco e melhorias na infraestrutura urbana e rural, entre outras. Dados da Embrapa indicam que a agricultura familiar está presente em quase 85% das propriedades rurais do país. Cerca de metade desse percentual está concentrada na região nordestina, responsável por aproximadamente um terço da produção total.

A Codevasf tem investido no fortalecimento da atividade em Pernambuco: quase seis mil equipamentos e maquinários foram entregues a comunidades, associações e prefeituras do estado com esse objetivo. Dentre esses equipamentos, destacam-se 124 tratores, 32 retroescavadeiras, 128 ensiladeiras, 63 sulcadores e mais de 300 kits de irrigação. No tocante a Arranjos Produtivos Locais, a Codevasf investiu mais de R$ 3 milhões em ações como entrega de caminhão para apoio a beneficiamento de frutas e produção de polpas, aquisição de equipamentos apícolas e elaboração de projeto de abatedouro de aves.

De acordo com o chefe de desenvolvimento territorial da Codevasf em Pernambuco, Wellington Dias, em 2020 a Companhia entregou 12 kits apícolas, por exemplo, aos criadores de Triunfo, e outros estão garantidos para os próximos meses. “Entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, nós recebemos 300 novos kits de apicultura e estamos iniciando as tramitações. Em breve eles estarão com os apicultores do nosso estado”, diz. 

A Codevasf também tem realizado ações voltadas ao desenvolvimento da caprinovinocultura, por intermédio da Rota do Cordeiro. Em Dormentes, foi construído um dos mais modernos abatedouros frigoríficos de caprinos e ovinos do interior do estado. Para esse mesmo abatedouro, concluído em 2020, a Codevasf adquiriu um caminhão para transporte de animais e outros equipamentos. O município de Floresta também receberá um abatedouro frigorífico especializado em caprinos e ovinos — a obra deverá ter início em 2021. Ao todo, a Codevasf está investindo mais de R$ 8 milhões na estruturação da atividade em Pernambuco.  


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro