23 de janeiro de 2018 às 22h52min - Por Mário Flávio

Do Blog Maragogi News

O prefeito de Maragogi, Sérgio Lira, junto com a secretária de Turismo, Thereza Dantas, se reuniu com empresários da cidade, nesta terça-feira, 23, para discutir a determinação da SMTT (Superintendência de Trânsito e Transporte de Maragogi), que visa interditar toda a Avenida Sen. Rui Palmeira, orla marítima, nos próximos fins de semana, até o carnaval.

O prefeito acalmou os presentes informando que a decisão não é definitiva. “Faremos uma experiência. Se der certo, continuaremos. Se não, estudaremos e discutiremos outros meios de desobstruir o fluxo automobilístico da orla e da cidade”, disse Sérgio Lira.

Entre outros assuntos inerentes à pauta, os empresários questionaram espaços demarcados por alguns comerciantes, usando cavaletes e outros objetos que chegam a enfear o visual da cidade, tornando-os estacionamentos privativos, e subtraindo áreas públicas centrais que já são limitadas. Sérgio Lira sugeriu reabrir a área diante do mercado público, que antes era rua e foi transformada em praça. E comunicou que o ponto dos mototaxistas mudará de endereço. Sairá da Praça Batista Acioli para um terreno próximo à igreja Santo Antônio.

“Já sabemos que vamos ter sérios problemas de estacionamento”, disse Thereza Dantas. Para tentar dirimir o problema, foi solicitado, por ela e o prefeito, a indicação de terrenos vazios ao redor da cidade, para serem locados pela prefeitura e usados como estacionamentos.

Apesar de aplaudirem a determinação da SMTT, questionamentos acerca da mudança no trânsito foram muitos, já que a maioria das ruas de maior movimento é utilizada também para estacionamento, só liberando um lado para passagem dos veículos motorizados.

Ao final, ficou determinado que a interdição será nos seguintes dias e horários: sextas-feiras e sábados: das 16h00 às 23h00, e aos domingos, das 06h00 às 21h00. Sobre as vans que transportam turistas, ficou acertado que os motoristas terão permissão para adentrarem à avenida, mas não poderão permanecer ali. Terão que se dirigir a um local específico, e só retornarem quando for recolhê-los.

“Depois do carnaval haverá outra reunião, a fim de discutirmos os pontos positivos e negativos”, disse a secretária de Turismo, “e assim chegarmos a uma solução definitiva.”

ORDENAMENTO DA ORLA

Sérgio Lira mencionou a ação realizada na última sexta-feira, 19, e avisou que haverá outras, diurnas e noturnas. “Alguns moradores foram notificados para recuarem suas construções e vão ter que obedecer. Tomaram os espaços das calçadas, o que é totalmente ilegal. A prefeitura se prontifica até em oferecer a mão de obra, mas não vamos deixar a situação do jeito que está.”

O prefeito também se comprometeu em tomar medidas acerca do excesso de vendedores ambulantes na avenida, principalmente à noite.

“Nenhum governo funciona se a comunidade não colaborar, não importa a bandeira”, finalizou o prefeito. “Sozinho a gente não faz nada.”


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro