3 de abril de 2012 às 15h22min - Por Mário Flávio

Quero por meio dessa nota expor meu posicionamento e minha indignação quanto ao cenário político atual de Garanhuns, até quando nossos líderes políticos estarão a mercê da máquina (poder governamental)? Gostaria de comentar, que hà algum tempo atrás o nosso então prefeito, Luiz Carlos de Oliveira, era considerado “persona non grata” em todos os palanques e reuniões na cidade, e essa discussão foi notória e repercutiu em toda região.
Hoje esse mesmo senhor, tornou-se o político mais disputado e requisitado pelos partidos políticos em Garanhuns.

O Sr: Antônio João Dourado, que era repudiado pelos quatro cantos da cidade por esses mesmo líderes políticos e formadores de opinião que dominam a política de nosso município, consolida-se cada vez mais, com o apoio direto e incondicional do Governador. Este é o retrado claro do poder da “máquina”. Até quando, vamos ser humilhados e obrigados a aceitar imposições, até quando vamos amargar essa vergonha de não ter o direito de independência política? Até quando os “homens de fora” vão ditar o que será da política de Garanhuns?

Garanhuns, tem homem de bem, político justo e honesto, porque não dar a oportunidade a quem é da terra? Convido a você caro eleitor a repensar sobre a importância e poder do seu voto, essa é a chance que temos para escolher nossos representantes, é um direito nosso escolher e um dever avaliar. Muita gente não acredita nos políticos e por isso vota por obrigação, mas é preciso estar atento, porque sem fiscalização teremos maus políticos nos governando. Esse texto é destinado a você que tem nas mãos o poder e o futuro da nossa terra, vamos acabar com esses frutos podres da política de Garanhuns vamos arrancar essas árvores daninhas e plantar árvores frutíferas.

Plante, mesmo que você não colha, mas faça pensando que seus bons frutos plantados serão colhidos por uma nova geração que é o futuro da nossa cidade. Ame mais nossa Garanhuns, vamos dar a ela o futuro que ela merece!


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro