7 de abril de 2012 às 10h21min - Por Mário Flávio

Ai um sujeito desempregado resolveu, em 1995, criar a “Associação dos Desempregados de Caruaru”. Alugou um pequeno espaço na Rua Joaquim Nabuco, contratou uma secretaria, comprou fiado material de escritório e abriu as portas da sua associação para os desempregados se associarem pra formar, é claro, uma entidade forte… Moral dessa história: os desempregados não se associaram, pois não tinham dinheiro para pagar as mensalidades, a secretaria não recebeu salário e caiu fora, o dono cobrou o aluguel do espaço, a Celpe cobrou a luz, a Compesa cobrou a água, o dono da papelaria cobrou o material de escritório… e o “presidente” aperreado que só a gota serena “deu baixa” na Associação dos Desempregados de Caruaru, dois meses depois de sua criação… Né por isso que Caruaru é a “Capital do Forró”…

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro