29 de janeiro de 2012 às 11h25min - Por Mário Flávio

Amigos leitores,
Quando instalado o regime militar no Brasil em meados anos 60 e os treze partidos existentes no Brasil naquela época foram abolidos, dava-se inicio a uma grande briga Arena x MDB, sendo a Arena um partido por setores conservadores e MDB com setores contrários ao golpe militar formado por integrantes de setores liberais da sociedade brasileira. Grandes nomes lutavam contra o regime militar no MDB, Tancredo Neves, Ulysses Guimarães, Jarbas Vasconcelos, Mário Covas, Fernando Henrique Cardoso, Pedro Simon entre outros.

Abrigando Políticos do PCdoB, PSD e PCB. O MDB sofria, mas não dava o braço a torcer contra o Golpe Militar. Desde então, era um partido de coragem. Os membros do MDB começaram a se preocupar com as eleições de 66, 68 e 70 e passado as eleições, com um número pequeno de representes no congresso e nos estados o Movimento Democrático Brasileiro pensou em fecha as portas. Mas, surge Ulysses Guimarães para não deixar isso acontecer. Ainda nessa época em que Ulysses Guimarães assumiu o comando do Movimento, começaram uma grande divisão no partido, os chamados: Autênticos e Moderados.

Os Moderados como o próprio nome diz, alisava o regime militar e sempre mantendo contatos com os conservadores da Arena. A Arena tentou e conseguiu vencer mais uma em cima do MDB, quando jogou no congresso a imagem de anticandidatos os representantes do MDB encabeçando a chapa, Ulysses Guimarães. Quando instituído o Bipartidarismo a oposição ficaria por conta do MDB e a ARENA se organizou e formou a situação. Na altura do campeonato, como os representantes da oposição eram poucos, pois não contava com a classe operária presa ou com seus mandatos casados. Na década de 80, com a abertura política no Brasil, o MDB passou a ser chamado de PMDB e alguns dos adeptos do movimento (leia-se Fernando Henrique Cardoso) se dividiram e criaram o PSDB.
O PSDB seguiu seu caminho e é formado pelos Autênticos do MDB. Na década de 80, o PMDB (PMDBISTAS autênticos que não foram para o PSDB) colheu grandes frutos graças a sua postura firme e corajosa no regime militar, nas eleições da década. Mais na frente, o PMDB através de uma emenda de Dante de Oliveira, o partido encabeçou o movimento Diretas Já (movimento para eleições democráticas a presidência da republica), onde teve primeiro ato em Pernambuco com o apoio de Jarbas Vasconcelos. A essa altura, a perda de prestígio do regime militar junto à população era grande. Militares de baixo escalão, com seus salários corroídos pela inflação, começavam a pressionar seus comandantes – que também estavam descontentes.

Jarbas Vasconcelos, naquela época já era liderança do partido no estado. No ano de 1985 Jarbas Vasconcelos é candidato a prefeito no Recife e ganhou a eleição, logo depois foi candidato novamente em 1993 e ganhou de novo, sendo eleito melhor prefeito do Brasil pela população Recifense. Logo em seguida no ano de 1999 Jarbas é candidato a governador e ganha às eleições sendo reeleito na eleição seguinte, com um perfil Autêntico   único, tem a admiração da população Pernambucana e foi eleito o melhor governador do Brasil nos dois mandatos em que comandou Pernambuco.
É preciso contar a história do partido para aqueles filiados que não respeitam a legenda. Como foi descrito logo acima, o PMDB tem uma história de respeito e é o maior partido do Brasil. Infelizmente, os chamados PMDBISTAS Moderados trazem para o “currículo” do partido uma postura totalmente contraria ao dos PMDBISTAS Autênticos, escândalos de corrupção, desvio de dinheiro e má conduta desses PMDBISTAS Moderados faz com que a sigla se transforme num grande partido de aluguel.

Ao lado do PT, o PMDB se tornou um simples partido e foi engolido pelos projetos pessoais de algum falso moralista do PT. As negociações foram feitas pelos PMDBISTAS Moderados e o partido ficou como principal aliado do governo Lula nos dois mandatos, onde compartilhou de muitas falcatruas, já nas bastasse tanta vergonha, o PMDB “renova o contrato” com o PT e apóia a candidata do PT, a ex-ministra Dilma Rousseff. Resultado: ministro e diretores de departamentos públicos caem por corrupção. Já em nossa cidade, pessoas que deixam o partido envelhecer trata o partido como uma legenda de Aluguel e o pior disso tudo, não conseguiram identificar sua originalidade, pois uma hora é Moderadores outrora é Autênticos. Uma coisa é certa, salve o Senador Jarbas Vasconcelos e Pedro Simon, únicos do antigo MDB resistentes a corrupção. O PMDB de Pernambuco, liderado por Jarbas Vasconcelos, respeita os princípios da legalidade ao erário público. O PMDB em si hoje não é o mesmo de Ulysses Guimarães, Isso é fato. Porém, o PMDB-PE é Autêntico e não Moderador!

Jefferson Paz
Filiado ao partido.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro