18 de setembro de 2013 às 17h25min - Por Mário Flávio

O BRT (Bus Rapid Transit) é um modelo de transporte coletivo de média capacidade que visa combinar faixas de circulação exclusivas, estações e ônibus de alta qualidade, para atingir o desempenho e qualidade de um sistema de metrô, com a simplicidade, flexibilidade e custo de um sistema de ônibus. Esse sistema já foi implantado em cidades como Curitiba,Rio de Janeiro e Belo Horizonte, facilitando a vida de milhares de pessoas no seu dia a dia. O problema é que de ontem pra hoje estamos acompanhando uma verdadeira politização da vinda do BRT para a capital do forró.

Vereadores da oposição insistem em criticar o deputado Wolney pela articulação do dinheiro que em vez de ser repassado, seria emprestado, não sabendo os nobres vereadores da dificuldade que várias cidades enfrentam para conseguir tal feito. Recentemente quantias como a que viria para Caruaru foram emprestadas a cidades do Alto Solimões e cidades do Mato Grosso do Sul e Paraná proporcionando melhorias em setores de infra estrutura, segurança e educação.

Além da fila de espera que os municípios enfrentam para conseguir essa verba, seus convênios federais devem estar quitados para que assim o deputado use de sua influência e viabilize a chegada desses recursos. Iindependente da expressão usada, seja ‘repasse’ ou ’empréstimo’, o BRT levantaria consideravelmente nossa economia e organização urbana;

Espero que os interesses pessoais dos vereadores sejam deixados de lado e a visão do bem comum e progresso da nossa Caruaru tenha prioridade.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro