1 de março de 2014 às 15h46min - Por Mário Flávio

20140301-154546.jpg

Há exatos 121 anos, no dia 1º de março de 1893, concluía-se, em Caruaru, o cumprimento de todas as exigências da famosa Lei nº 52 – Lei Orgânica dos Municípios de Pernambuco que havia sido sancionada a 15 de agosto de 1892.
Na ocasião, o primeiro prefeito constitucional eleito, MAJOR JOÃO SALVADOR DOS SANTOS, foi recebido em sessão extraordinária do Conselho Municipal, anunciando a conclusão dos trabalhos de instalação da Prefeitura, nomeação de cargos relevantes e criação dos primeiros distritos.

Ao final da sessão, o Prefeito declarou solenemente e em definitivo, a AUTONOMIA MUNICIPAL DE CARUARU, ou seja, a criação do MUNICÍPIO. O que ocorreu a 18 de maio de 1857 foi a elevação de Caruaru a categoria de CIDADE, mas sem autonomia política. Em 2012, nós, do Instituto Histórico de Caruaru reivindicamos e a Prefeitura sancionou Lei estabelecendo o 1º de março como Data Magna de Caruaru. Comemoremos ambas, mas sabendo o significado de cada uma.

Na foto acima, o Major João Salvador dos Santos e sua família, em rara foto do século XIX. Acervo: IHC/Família Salvador dos Santos.

*Walmiré Dimeron é museólogo e historiador


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro