29 de janeiro de 2021 às 08h23min - Por Mário Flávio
Dep. Tereza Cristina, indicada nova ministra da Agricultura, saindo de casa, antes da conversa com o presidente eleito Jair Bolsonaro. Brasilia, 08-11-2018. Foto: Sérgio Lima/Poder 360

Do Poder 360

Os ministros Onyx Lorenzoni (Cidadania) e Tereza Cristina (Agricultura) se licenciaram de seus cargos. Os decretos de exoneração foram publicados nesta 6ª feira (29.jan.2021) no Diário Oficial da União.

Com isso, os 2 retomam seus mandatos como deputados federais e podem votar na eleição da próxima 2ª feira (1º.fev), que escolherá o novo presidente da Câmara.

Ambos são filiados ao DEM e devem votar em Arthur Lira (PP-AL), candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro.

A bancada do partido está dividida. O principal adversário de Lira é Baleia Rossi (MDB-SP), cuja candidatura tem como principal articulador Rodrigo Maia (DEM-RJ), atual presidente da Casa.

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, afirmou nessa 5ª feira (28.jan) que pelo menos 3 deputados baianos da legenda devem votar em Baleia Rossi. A declaração vem dias depois de os 5 deputados do partidos eleitos na Bahia terem apoiado publicamente a candidatura de Lira.

O apoio a Lira é grande na sigla. Caso a legenda nem ao menos vá para o bloco de Baleia Rossi, exporá uma influência reduzida de Rodrigo Maia sobre a bancada e ele sofrerá grande enfraquecimento político.

Arthur Lira já disse publicamente que espera ter maioria no DEM.

No fim de semana deverá ser realizada uma reunião de toda a bancada do DEM para discutir para que lado a sigla vai. Os principais nomes do partido tentam evitar uma “guerra de listas”, que exporia racha na legenda. As promessas de assinaturas tanto de um lado quanto do outro deverão ser usadas como argumento no encontro.

Além de Lira e Baleia, outros 7 deputados se colocam na disputa. Têm, porém, poucas chances de obter votação expressiva. Eis os nomes:


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro