12 de abril de 2012 às 23h32min - Por Mário Flávio

Estão definidos os primeiros recursos para a restauração do Palácio do Campo das Princesas. Depois que a Oi/Telemar anunciou a liberação de R$ 14 milhões em duas parcelas (a primeira este ano, a segunda em 2013), agora foi a vez do Bradesco definir uma contribuição.

 

Em telefonema ao governador Eduardo Campos o presidente do Bradesco, Luiz Trabucco, anunciou a decisão da instituição de doar R$ 4 milhões para o projeto, que visa devolver à sede do Governo do Estado de Pernambuco a forma que tinha em 1930. “A restauração do Palácio é projeto estratégico do governo do estado, que atende à necessidade de assegurar a preservação de um bem de valor histórico e cultural inestimável”, disse o governador.

Toda a restauração do Palácio será financiada com recursos disponibilizados pela iniciativa privada, valendo-se para isso da Lei Rouanet, que concede benefício fiscal para quem investe em bens culturais. Segundo o Chefe de Gabinete do Governador, Renato Thiebaut, que coordena o projeto, a ideia é iniciar as obras ainda no mês de maio, logo em seguida à mudança das atividades atualmente desenvolvidas no Palácio para o Centro de Convenções.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro