2 de janeiro de 2012 às 15h52min - Por Mário Flávio

No final da última semana de 2011, o deputado federal Wolney Queiroz (PDT) disparou uma série de críticas contra a oposição caruaruense, alegando principalmente a fragilidade e desunião dos membros do DEM e do PSDB na cidade, referindo-se especificamente ao deputado estadual Tony Gel (DEM) e o vereador Diogo Cantarelli (PSDB). Em resposta, Cantarelli voltou a fazer referência a uma possível queda de popularidade da gestão Zé Queiroz.

“Nós da oposição não precisamos nos preocupar, temos grandes nomes que já são aprovados pela vontade popular. Já na base governista, o único que deve estar preocupado é o virtual candidato do PDT, pelo que estamos ouvindo por aí, ele vai ter que rebolar muito para se cacificar como alternativa viável da Frente Popular em Caruaru”, retrucou Diogo.

Em declarações anteriores, Tony Gel já havia dito que não abriria espaço para discutir a candidatura de Diogo, a menos que este estivesse disposto a dialogar sobre compor a coligação que o democrata busca fortalecer, formada pelo DEM, PMDB, PPS e PMN. Para ter um impacto mais concreto sobre as candidaturas viáveis em Caruaru, as melhores respostas provavelmente devem vir de pesquisas de intenção de voto, que a partir de 2012 precisam ser registradas.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro