3 de julho de 2015 às 11h07min - Por Mário Flávio

unnamed

Nem entrou em votação e o novo projeto de transferência da Feira da Sulanca deve mesmo ir parar na justiça. Essa é a informação repassada pelo líder da oposição, vereador Antônio Carlos (DEM). Para ele, a pressa em colocar o projeto não se justifica e por isso, o conteúdo do mesmo segue prejudicado. O político insiste na tese que um empreendimento proposto da maneira que está o novo projeto, é inviável para o sulanqueiro.

“A maioria não tem como pagar essa conta. Não entendo essa pressa em colocar esse projeto em votação de todo jeito. A experiência recente mostra que a pressa deu todo esse problema aí, mas se insistem em fazer as coisas desse jeito, algum vereador ou até mesmo um sulanqueiro, podem entrar na justiça. Vamos ver”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro