18 de abril de 2012 às 08h00min - Por Mário Flávio

A articulação é grande nos bastidorea da política para formar uma nova via forte na eleição desse ano em Caruaru. São oito partidos que ensaiam uma aliança para lançar um nome para disputar a prefeitura contra a ex-deputada Miriam Lacerda (DEM) e o prefeito Zé Queiroz (PDT). As negociações correm soltaa com os presidentes do PCdoB, PTC, PSL, PSDB, PV, PP, PHS e o PT, que está dividido e poderia rachar para ficar com os dissidentes do partido nessa coligação.

Simpatizam com essa ideia no PT o vereador Rogério Meneses e Wilon Dodson, além de uma penca de petistas, inclusive o ex-presidente da Câmara disse. “Quem comanda o destino do partido é o nosso grupo e não o filiado Eduardo Guerra. O deputado federal Wolney Queiroz disse que não devo mais ser ouvido, mas tenho a honra de ser sempre convidado para ser ouvido pelo vice-governador, João Lyra. Quem é mais importante?”, disparou o petista.

Para mostrar que essa nova força pode mesmo vingar as articulações são fortes. São encontros diários, que vão desde almoço, cafés e articulação durante encontros noturnos. Sobre quem seria o nome para encabeçar a chapa, todos evitam falar nessa possibilidade, mas deve ficar entre Lícius e Diogo, que representam mais peso entre os partidos. Marcelo Rodrigues também se mostra disposto, mas devido a campanha de reeleição de João da Costa no Recife, pode abdicar da disputa. Ele é secretário de Meio Ambiente, no Recife. Até o fim de abril a decisão deve ser tomada.

Lícius e Diogo continuam demonstrando o affair político. Imagem: Vladimir Barreto/Secom Câmara


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro