4 de março de 2018 às 21h53min - Por Mário Flávio

O fim de semana teve importantes eventos de partidos que estão na oposição ao governo Paulo Câmara (PSB). No entanto, o padrinho político do socialista, o ex-governador Eduardo Campos, teve o nome amplamente citado em Caruaru e Surubim.

Além do nome de Eduardo, o ex-governador Miguel Arraes de Alencar, avô de Eduardo, também foi citado nos discursos boa parte dos oradores.

Em Surubim, aconteceu um evento de apoio a pré-candidatura da Vereadora Marília Arraes (PT) na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais que contou com a presença de diversas lideranças políticas do estado, como: a Vereadora Ivete do Sindicato (PT de Surubim) a Deputada Estadual Teresa Leitão (PT), o ex-deputado federal Fernando Ferro, os líderes sindicais Doriel Barros (Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Pernambuco) e Doriel Barros (CUT), o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), além de prefeitos, vereadores, lideranças políticas e comunitárias de várias partes do estado.

O evento contou com um bom número de pessoas que se aglomeraram no interior do local do salão do sindicato.

A cada discurso, as palavras eram de apoio ao projeto de candidatura própria do partido dos trabalhadores, e que este nome seja Marília Arraes. Criticaram os governos estadual (repudiando a tentativa de união entre PT e PSB) e as ações do governo federal, sempre o chamando de ‘Governo Golpista e Ilegítimo’. Mas uma coisa que chamou atenção foram as citações aos nomes de Lula e ao ex-governador Miguel Arraes de Alencar. A neta e pré-candidata citou muito o nome do avô.

Já em Caruaru, Arraes também foi lembrado em alguns discursos, mas com ênfase maior para Eduardo Campos, principalmente na fala de Antônio Campos (Tonca – Neto de Arraes e Irmão de Eduardo Campos).


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro