10 de março de 2014 às 22h29min - Por Mário Flávio

20140310-222939.jpg

Desde que o governador Eduardo Campos (PSB) anunciou que deixa o governo no dia 4 de abril que se iniciou a especulação sobre os possíveis nomes que irão compor o secretariado do futuro governador João Lyra (PSB). No entanto, nada de concreto existe para a composição do novo governo. Nessa terça-feira (11) inicia-se o processo de transição, quando o vice-governador vai receber informações sobre várias pastas e como anda a situação de cada secretaria, embora devido a atuação dele no governo, já conhece como funciona a engrenagem do governo socialista.

O vice vai ter total autonomia para montar a equipe de governo, já que Eduardo Campos deixou ele bem a vontade para apontar os rumos dos nove meses de gestão. Seguindo a mesma linha do governador, João deve optar por nomes técnicos, numa equipe enxuta para mostrar eficiência e um modelo de gestão que trabalha com planejamento, algo que é sempre apontado por João nas entrevistas.

O leque de partidos que apoia a candidatura de Paulo Camara também deve ser contemplado no governo. O PMDB pode ser um deles. O partido foi contemplado na chapa majoritária, mas não ocupa função na gestão e deve ganhar espaço. Alguns nomes da atual equipe de Eduardo Campos também devem ser mantidos, principalmente os que têm maior afinidade com João. O jogo governo também terá uma intensa agenda de inaugurações e eventos importantes.

Só em Caruaru, por exemplo, teremos a entrega de obras como a reforma do Hospital São Sebastião e a inauguração do Hospital Mestre Vitalino. Existe a expectativa também da entrega da duplicação da BR 104, talvez o maior calo da atual gestão. Com todos esse requisitos, o novo governado vai montar uma equipe para ter um governo de nove meses e entrar para história, até mesmo porque será o governador de Pernambuco durante a Copa do Mundo.

No dia 5 de abril a equipe será apresentada, até lá, tudo não passa de especulação.

CÂMARA – A decisão do Desembargador Gustavo Lima foi comemorada de forma tímida pelos vereadores indiciados na Operação Ponto Final. Ao contrário do que se especulou o texto só fazia referência a Operação Ponto Final 2, derrubando a decisão de afastamento por tempo indeterminado dos vereadores Neto, Val, Pastor Jadiel Nascimento, Val das Rendeiras e Evandro Silva. Com isso, caso a apelação seja aceita, os cinco voltam automaticamente as funções.

FAZENDA – Mesmo com o Desembargador Gustavo Lima determinando a volta imediata dos cinco vereadores, assim como já fez com relação a Operação Ponto Final 1, o presidente da Câmara, Leonardo Chaves (PSD), não deve permitir que os dez indiciados voltem as funções. O problema é que a decisão do Juiz José Fernando dos Santos Souza, que afasta os edis por 180 dias, segue em vigor. Como fez da primeira vez, Chaves deve consultar a Vara da Fazenda sobre o fato.

DEFESA – A defesa vai tomar duas atitudes com a decisão. A primeira é arrolar na apelação essa nova decisão pela volta dos vereadores as funções. A segunda é emitir um novo requerimento ao presidente da Câmara para que ele aceite a volta dos dez vereadores. No entendimento da banca de advogados, essa é a terceira decisão favorável aos parlamentares. O documento deve ser entregue ainda nessa terça-feira ao setor jurídico da Câmara de Caruaru.

COMISSÃO – Alheios a novela da volta dos vereadores os membros da Comissão de Ética que analisa o processo disciplinar contra os afastados se reúne mais na vez nessa terça. A reunião, marcada para as 10h30, segue o cronograma estabelecido pela comissão no dia 18 de fevereiro, quando ocorreu a primeira sessão de trabalhos após a instalação, no dia 14. Até agora a Comissão segue com um trabalho tímido e ninguém foi ouvindo, apenas documentos estão sendo juntados.

CANDIDATO A FEDERAL – Entre outras deliberações neste final de semana, o comando do PSDB endossou a decisão do deputado estadual Claudiano Filho de disputar um mandato de deputado federal, nestas eleições. O presidente interino do PSDB, Bruno Araújo, disse que Claudiano terá total apoio do partido para lançar-se de forma competitiva.

ARIANO EM SÃO CAETANO – A prefeitura de São Caetano traz pela primeira vez a Aula Espetáculo com um dos grandes nomes da Literatura Brasileira, o escritor Ariano Suassuna. Intitulada de “Tributo a Capiba”, a aula envolve música, canto, e claro, muita poesia. Tudo voltado para o compositor pernambucano, Lourenço Barbosa da Fonseca, mais conhecido como O Capiba. Um espetáculo onde Ariano mostra ao público o contexto do surgimento de cada música, recitando poemas, e abrindo espaço para as coreografias dos bailarinos do Grupo Arraial, criado por Ariano para desenvolver seu projeto de aulas-espetáculo. O evento ocorre na próxima quarta-feira.

AGENDA – Os professores de Caruaru decidiram criar uma agenda para passar informações sobre os fatos que o comando da greve promove. As ações, visitas e detalhes são enviados diariamente para manter os jornalistas informados sobre cada passo dos grevistas. A paralisação já dura três semanas e por enquanto nem sinal de um acordo entre docentes e prefeitura.

CONFIRMADO – Muito se especulou sobre uma possível desistência de Antônio Fernando para assumir a secretaria de Educação de Caruaru. O argumento era que o governo de Pernambuco não havia liberado o mesmo. No entanto, tal informação não procede e ele aguarda apenas que seja definido o nome do substituto na GRE para repassar o cargo e tomar a frente da Educação municipal. Até o momento o professor Welson Costa segue no comando da secretaria.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro