20 de fevereiro de 2013 às 08h55min - Por Mário Flávio

O deputado Maviael Cavalcanti (DEM) lamentou a recepção que teve a cubana Yoani Sánchez, autora do blog Geração Y, ao chegar ao Recife, em sua primeira viagem ao exterior. Na última segunda (18), a jornalista foi recebida por militantes que se manifestavam contra sua visita, com acusações de que era mercenária e agente da CIA.

O parlamentar destacou que, apesar da acolhida pouco favorável, Yoani declarou ter gostado do protesto e que espera poder ver algum dia os cubanos se expressando publicamente contra algo, sem que haja represálias. O deputado afirmou que, nos últimos anos, a blogueira teve seus pedidos para sair de Cuba negados em mais de 20 ocasiões, e só conseguiu viajar desta vez graças a uma reforma migratória em vigor desde o início do ano no País.

Maviael leu uma reportagem publicada na revista Veja, apontando que o plano de constanger Yoani foi elaborado pelo Governo de Cuba, mas está sendo executado com o apoio do PT e de, pelo menos, um funcionário da Secretaria Geral da Presidência da República, Ricardo Poppi Martins. Segundo o texto, houve uma reunião na Embaixada de Cuba em Brasília, onde foi distribuído material sobre Yoani, e ficou acertado que todos os passos da jornalista seriam seguidos.

A revista também lembra que as relações do PT com o governo cubano já tiveram outros episódios vergonhosos, como quando o presidente Lula se recusou a ajudar os dois boxeadores que buscaram asilo no Brasil em 2007. Daniel Coelho, do PSDB, afirmou que as manifestações revelam a diferença entre viver numa democracia e numa ditadura. Tony Gel, do Democratas, falou que os protestos só podem ter sido organizados pelos simpatizantes da ditadura cubana.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro