19 de fevereiro de 2014 às 10h55min - Por Mário Flávio

20140219-105446.jpg

Em discurso no grande expediente da tarde de ontem (18), na Assembleia Legislativa de Pernambuco, a deputada estadual Laura Gomes (PSB), fez uso da tribuna para repercutir o triste fato criminoso que causou a morte da professora Sandra Lúcia e seu filho Icauã Rodrigues. “Amplia nosso espanto saber que ela era militante combativa da luta pelo fim da violência contra a mulher”, enfatizou.

Em virtude desse crime, a socialista aproveitou para defender a necessidade de se fazer uma denúncia como via de garantir às mulheres uma proteção de vida e evitar chegar a esse extremo. Laura destacou também as diversas políticas implementadas pelo Governo do Estado, através da Secretaria Estadual da Mulher, que por meio de campanhas educativas e ações efetivas vem mostrando resultados significativos.

“No campo da proteção, a Secretaria dispõe de uma rede de casas-abrigo e de um núcleo de abrigamento que funcionam vinte e quatro horas por dia, todos os dias da semana, inclusive, nos feriados e finais de semana. Cerca de 400 mulheres passaram pelo serviço desde 2007 e até hoje nenhuma delas foi vítima de assassinato”, ressaltou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro