26 de setembro de 2013 às 10h25min - Por Mário Flávio

As secretarias da Mulher de Caruaru e Toritama e a Coordenadoria da Mulher de Santa Cruz do Capibaribe são parceiras do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos
Socioeconômicos (DIEESE) e da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) no desenvolvimento do plano de ação “Diálogo Social- Mulheres Costurando Direitos”. A ação faz parte do projeto “Redução da informalidade por meio do diálogo social”, realizado pelo DIEESE. Dando início ao projeto, o seminário “Somos nós que fazemos o Polo de Confecções- Qual o desafio das mulheres nesse processo?”será promovido nas três cidades que têm seus organismos de políticas públicas para as mulheres envolvidos no projeto.

Em Caruaru, a Academia Caruaruense de Cultura, Ciências e Letras (Acaccil) sediará a atividade no próximo dia 2 de outubro, das 18h30 às 21h30.Posteriormente a realização do seminário, serão oferecidas oficinas específicas direcionadas para estudantes universitários e técnicos de Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe. As oficina abordarão as seguintes temáticas: O Cenário do Polo de Confecções; Gênero e
Trabalho; Educação Previdenciária; Metodologia de Pesquisa/ Abordagem com o intuito de formar agentes multiplicadores dispostos a estender o
conhecimento adquirido para as facções, em sua maioria compostas por mulheres.

O cronograma de atividades tem ações programadas até o mês de
dezembro. Além das oficinas direcionadas, visitas à campo também estão previstas, bem como a avaliação do processo junto aos estudantes. Os
estudantes serão responsáveis pela identificação do perfil das mulheres
costureiras e faccionistas.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro