17 de abril de 2012 às 10h24min - Por Mário Flávio

Da Central de Jornalismo Liberdade

Os integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realizam em todo o Brasil uma ação organizada, que tem como meta lembrar a tragédia ocorrida em Eldorado dos Carajás em 1996.  Nesta segunda-feira (16) o MST ocupou cinco fazendas no Estado, totalizando seis áreas invadidas na atual Jornada Nacional de Lutas por Reforma Agrária.   Quatorze rodovias e vias de acesso ao estado estão sendo bloqueadas.

Entre os alvos da manifestação está a ponte que liga as cidades de Petrolina, em Pernambuco, e Juazeiro, na Bahia, a BR 104 nos trechos norte e sul, que ligam o agreste à zona da mata do estado e vários trechos da BR 232, que corta o estado do litoral ao sertão, com pontos de bloqueio em Serra Talhada, Gravatá, Pesqueira e Moreno.   Na PE-60, o protesto acontece entre o Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca; na BR- 101 Sul em Escada; na BR-408 em São Lourenço da Mata; na BR-428 em Lagoa Grande; na PE- 300 entre Ibimirim e Inajá; na BR 316 entre Floresta e o Trevo Serra; na BR- 432 em Águas Belas e na PE-103 entre o Trevo Agrestina e Palmares.

De acordo com o diretor estadual do Movimento, Jaime Amorim,  as rodovias serão liberadas até o meio-dia. Uma mobilização acontecerá nesta  quarta-feira (18) no Recife a partir das 9h.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro