16 de agosto de 2013 às 10h04min - Por Mário Flávio
A abertura do inquérito foi pedida pela promotora da Infância e Juventude, Silvia Amélia

A abertura do inquérito foi pedida pela promotora Silvia Amélia

Por meio de pedido da promotora de Infância e Juventude, Silvia Amélia, O Ministério Público de Pernambuco, entrou com um processo de Inquérito Civil contra a prefeitura de Caruaru. Após investigação o MPPE constatou diversas irregularidades na escola Municipal José Clemente de Souza, localizada na Zona Rural do município.

De acordo com o documento, publicado no Diário Oficial de ontem, a unidade escolar: “funciona com espaço físico inadequado, em vários prédios, não havendo fornecimento de água, esgoto sanitário por meio de fossa, o que deixa mal cheiro nas salas de aula e não há espaço para recreação, atividades esportivas e refeitórios.

De acordo com as informações postadas no Diário Oficial a prefeitura vai ter um prazo para se adequar as irregularidades apontadas. Caso a situação não seja resolvida, O Ministério Público vai entrar com uma ação pública.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro