Moraes solicita que PF realize perícia de imagens das câmeras do Planalto no 8 de Janeiro

Lucas Medeiros - 10.05.2023 às 20:55h
(Imagem: Reprodução/ Internet)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, ordenou que a Polícia Federal (PF) analise imagens das câmeras de segurança do Palácio do Planalto que mostram a invasão de manifestantes durante os atos de 8 de Janeiro em até 30 dias. A decisão, proferida nessa terça-feira (09), determina que os agentes realizem a perícia de todo o material, que se encontra em um HD externo da Presidência da República.

No total, são mais de 1.557 arquivos que pesam 625 gigabytes. O ministro também definiu que fossem encaminhadas à PF informações preliminares da apuração aberta pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República sobre a conduta de militares durante a manifestação.

No fim de abril, o GSI entregou ao STF a íntegra das imagens do Palácio do Planalto do 8 de Janeiro e uma cópia da sindicância aberta. Ao todo, são mais de 900 horas de gravações por mais de 30 câmeras. A entrega vem após uma determinação do ministro Alexandre de Moraes de quebra de sigilo das imagens. O magistrado, que é relator do inquérito sobre os atos de 8 de Janeiro, revelou que o Supremo não detinha o acesso aos vídeos na íntegra, o que pode configurar obstrução de Justiça.