22 de maio de 2020 às 17h04min - Por Mário Flávio
Os presidentes da República, Jair Bolsonaro e do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, fazem declaração à imprensa no Planalto

O ministro Celso de Mello (STF) tirou o sigilo da reunião do vídeo do presidente Bolsonaro com ministros no dia 22 de abril.

Segundo o ex-ministro Sergio Moro, a gravação da reunião é prova de que o presidente Bolsonaro tentou interferir politicamente na Polícia Federal (PF) para evitar investigação de familiares.

O vídeo é parte do inquérito pedido pela Procuradoria Geral da República (PGR) para apurar a acusação de Moro.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro