2 de dezembro de 2016 às 18h49min - Por Mário Flávio

Após manifestação em que centenas de juízes e membros do Ministério Público deram um abraço simbólico no edifício sede do Supremo Tribunal Federal (STF), a ministra Cármen Lúcia, presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do STF, recebeu na tarde desta quinta-feira,1, das mãos da presidente da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público, carta aberta contra a corrupção e a impunidade. 

O movimento é um protesto contra a aprovação, pela Câmara dos Deputados, de dispositivo incluído no projeto de lei de combate à corrupção que tipifica como crime de abuso de autoridade determinadas ações de magistrados e promotores. Ao receber o documento, a ministra Cármen Lúcia salientou que todos os juízes têm preocupação com a democracia brasileira, e que os Três Poderes constituídos (Judiciário, Executivo e Legislativo) têm compromisso com o Brasil, com o povo brasileiro e estão interessados num Brasil melhor. 

“Estamos juntos para que a Constituição seja garantida e tenhamos um país justo para todos”, disse a ministra Cármen Lúcia.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro