18 de junho de 2015 às 11h25min - Por Mário Flávio

unnamed (2)

O Ministério Público de Pernambuco apresentou denúncia contra a prefeitura de Caruaru para saber detalhes da falta de conclusão da obra na Avenida Caruaru. De acordo com a denúncia, a prefeitura recebeu R$ 1,8 milhão para a realização de calçamento e asfalto no local, bem como calçamento e melhora na iluminação das ruas adjacentes, além da construção de um Centro de Artes e Esportes Unificado, o CEU.

O MPPE levou em questão o prazo para a entrega da obra, que era o segundo semestre do ano passado, já que a obra foi entregue apenas em maio desse ano, com muita pompa pela atual gestão. Outro questionamento diz respeito a reutilização de postes da Avenida Agamenon, que segundo o Ministério Público estavam em péssimas condições.

O Ministério Público afirma que as obras de calçamento das ruas próximas a Avenida foram feitos de maneira parcial, apenas nas entradas das ruas, e em outras nem o serviço de terraplanagem foi executado. Diante da situação, foi aberto inquérito civil, para averiguar as possíveis irregularidades. A ação foi proposta pela promotora Gilka Miranda. Quando entregou a obra, em maio desse ano, a prefeitura chegou a afirmar que o investimento total foi de cerca de R$ 2,2 milhões e que a obra faz parte do plano de mobilidade da área oeste.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro