17 de julho de 2017 às 22h53min - Por Mário Flávio


Após um longo e tenebroso inverno, o presidente Michel Temer deve deixar Brasília e respirar um pouco fora da crise que passa há dois meses, quando foi divulgada uma conversa “nada” republicana dele com o empresário e delator Joesley Batista. A conversa entre os dois rendeu o indiciamento de Temer e desde então o presidente vive um inferno astral.

E a saída de Temer deve ser para Caruaru. Ele viria, acompanhar o ministro Bruno Araújo na entrega do cartão reforma, que como já foi anunciado será lançado na Capital do Agreste. A agenda oficial de Temer ainda não confirmou a vinda dele, mas de acordo com o jornalista Lauro Jardim, que foi o primeiro a divulgar o teor da conversa entre Temer e Joesley, a vinda está confirmada. Segue o texto publicado na coluna dele no Jornal O Globo.

“Michel Temer vai, enfim, deixar o Palácio do Planalto. Irá a Caruaru (PE) na quarta-feira. Ao lado do ministro tucano Bruno Araújo entregará o primeiro Cartão Reforma, projeto do governo para subsidiar reformas de moradias para a população de baixa renda. Não está decidido ainda se a cerimônia será ao ar livre. Provavelmente, não”.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro