2 de março de 2013 às 10h25min - Por Mário Flávio

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, afirmou que a prisão dos 25 condenados do mensalão deve ocorrer até o dia 1.° julho deste ano, mas reconheceu que, por falhas do sistema penal, que classifica de “frouxo”, boa parte dos condenados deve ficar na cadeia pouco mais de dois anos. “Eu espero que até julho (sejam expedidos os mandados de prisão)”, disse o ministro em entrevista a correspondentes internacionais. “Mas a minha expectativa é que tudo se encerre antes de 1.° de Julho, antes das férias.”

Barbosa afirmou que espera encerrar o julgamento de todos os recursos dos advogados contra a condenação até julho. Depois disso, os mandados de prisão dos 25 condenados poderiam ser expedidos. “Os votos de alguns ministros ainda não foram liberados e eles ainda têm um prazo para fazer isso. Assim que todos apresentarem os seus votos, eu vou determinar a publicação, e aí começa a correr o prazo de recursos dos réus”, disse o presidente do Supremo. O calendário só não será cumprido, disse ele, se houver “chicana” dos advogados.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro