23 de novembro de 2020 às 07h57min - Por Mário Flávio

A candidata a Prefeita do Recife, Marília Arraes (PT), participou de um encontro com líderes religiosos de 12 congregações evangélicas de vários bairros do Recife, no final da manhã deste domingo (22).

“Vocês estão sendo testemunhas das agressões pessoais que estão fazendo contra mim. Essa prática não é novidade no PSB, desse pessoal que fez o que fez com o Recife, que desrespeita a cidade, as pessoas e as mulheres”, afirma a candidata do PT.

Marília demonstrou gratidão e se sentiu muito acolhida no encontro de hoje e fez um desabafo “Queria agradecer muito a todos vocês. Não sei como tem gente que tem coragem de chegar e fazer tantas acusações contra a minha fé. Passar tantos anos sendo atacada, agredida, machuca, mas tudo isso faz a gente crescer, aprender. Para mim, mostra o quanto a gente precisa resgatar a cidade de um grupo que não tem respeito pelo povo do Recife, pelas pessoas e por mim.”

“O candidato deles, do PSB, sabe qual é a minha fé, quais os meus posicionamentos. Estão fazendo isso por desespero e o desespero é irmão da mentira. É muita falta de respeito e não dá para tolerar uma campanha desse jeito.”

Marília também falou sobre a enxurrada de informações falsas e maldosas que estão sendo publicadas e espalhadas em grupos nas redes sociais. “Tenho 12 anos de vida pública e, coincidentemente, na semana que a gente está para ganhar as eleições, várias coisas começam a surgir.”


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro