31 de janeiro de 2013 às 14h56min - Por Mário Flávio

CEACA - MARCO CASÉ DIRETOR

Foi marcada para a tarde desta quinta (31), uma reunião extraordinária na Câmara Municipal de Caruaru para colocar projetos do Poder Executivo em votação. Segundo o secretário de Relações institucionais, Marco Casé, o prefeito Zé Queiroz (PDT) já havia sinalizado a necessidade dessa reunião desde a semana passada, embora alguns vereadores presentes na Câmara durante esta manhã não soubessem exatamente quais projetos seriam apresentados. Ainda assim, entre as proposituras que vão entrar em pauta, está a atualização do novo salário mínimo de R$ 678 à lei orgânica do município.

Segundo Casé, o projeto precisa ser votado ainda esta tarde. “O prefeito já havia sinalizado que haveria essa reunião, que é uma convocação extraordinária, já que o calendário oficial de atividades da Câmara ainda não começou. O pedido do Poder Executivo foi repassado ao presidência do Legislativo, e acredito que todos os vereadores foram informados. O salário mínimo precisa ser votado até hoje, por determinação governamental. Trata-se de uma lei nacional, que precisa ser colocada em votação em todos os municípios”, explicou o secretário.

Por ser uma reunião fora do calendário oficial, os funcionários da Casa se apressaram para deixar o plenário arrumado durante esta manhã, organizando o espaço, limpando as cadeiras e realizando ajustes no sistema de som da Câmara Municipal.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro