28 de fevereiro de 2013 às 09h31min - Por Mário Flávio
Verde evitou polemizar declarações de Alessandro Feitosa

Verde quer fortalecer o partido em Caruaru

O presidente do PV em Caruaru, Marcelo Rodrigues, explicou ao blog a decisão de lançar o nome de Fernando Gabeira como pré-candidato a presidente da República em 2014. Ele disse que Gabeira hoje é o nome mais credenciado do partido e por isso que ele deve ser lançado oficialmente pela Executiva Nacional do PV.

Ele disse ainda que Gabeira reúne todas as condições para a pré-candidatura, já que o político tem uma visão ampla do Brasil.”Gabeira tem uma luta histórica contra a ditadura militar e foi um dos responsáveis há 27 anos por fundar o Partido Verde no Brasil, um ideário a ser discutido em nosso país. Temos um partido que não discute apenas as questões ambientais, e Gabeira deixou isso bem claro no encontro que foi realizado no Recife. Ele expôs várias questões que interferem na vida das pessoas. Com toda história que ele tem e o que Gabeira representa, por isso, que defendemos o nome dele pra pré-candidato e o Partido Verde não pode ficar de fora dessa discussão, sendo o melhor nome o de Gabeira”, pontuou.

Marcelo Rodrigues explicou a tese de antecipar o debate sobre um nome do partido para a sucessão presidencial. “Não acho precipitado, então temos que perguntar isso a Dilma, Lula, Fernando Collor e aos que defendem o nome do governador Eduardo Campos, Marina e Aécio Neves. Já existe toda especulação a respeito desses nomes e como todos praticamente foram lançados como pré-candidatos, agora na primeira quinzena de março, o companheiro Luís Pena, que é o presidente da Executiva Nacional do PV, deve também lançar o nome de Fernando Gabeira como pré-candidato do partido. Sabemos que é muito cedo, mas infelizmente no Brasil, ainda faltando mais de um ano para a eleição, os políticos antecipam o debate e por isso que estamos apresentando o nome de Gabeira, que fortalece essa discussão”, disse.

O verde desconversou sobre a ida para o novo partido a ser criado por Marina Silva e garantiu que fica no PV. “Sou do Partido Verde e me sinto muito a vontade e não vejo razão nesse momento para discutir a ida para outro partido, até porque essa legenda de Marina ainda está na luta para se tornar um partido e entendo que as dificuldades são muito grandes e o prazo para conseguir 500 mil assinaturas é pequeno, mas torço que ela consiga, mas é difícil. Sobre a posição de Marina de não se posicionar, prefiro nesse momento não analisar a decisão dela e prefiro falar do PV”, pontuou.

Sobre a legenda em Caruaru, Rodrigues disse que ainda espera contar com a vinda de Tony Gel ou Miriam Lacerda, mas que novos nomes também podem fortalecer o PV. “A situação do PV em Caruaru é a mesma da maioria dos diretórios espalhados pelos estados, no mês de janeiro, os diretórios foram prorrogados e por não termos um deputado federal, ainda continuamos como diretório provisório e isso ocorre ainda em Pernambuco. Mas esperamos mudar essa realidade e eleger um deputado em 2014. Fizemos o convite a Miriam Lacerda e a Tony Gel, mas eles ainda analisam a ideia, também convidamos alguns petistas, que trabalharam comigo na gestão de João da Costa e estão insatisfeitos com o PT, eles irão resolver se vêm para o PV ou seguem para a Rede”, garante.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro