23 de abril de 2014 às 09h30min - Por Mário Flávio

20140423-093041.jpg

O vereador Marcelo Gomes (PSB) evitou polemizar com defesa sobre as críticas a formação e condução da Comissão de Ética da Câmara. O socialista se defendeu e disse que a Casa atendeu a um pedido do Ministério Público, mas que não existem irregularidades como apontam os advogados dos vereadores.

“A gente entende o papel dos advogados, eles estão no papel deles, mas a denúncia não foi feita por mim e nem pela Comissão, foi oriunda de uma recomendação do Ministério Público, encaminhada a essa Comissão pela presidência da Casa e todo o procedimento foi iniciado. Apenas uma representação foi encaminhada, mas como forma de relatório preliminar, do que está sendo objeto de um procedimento disciplinar para que a defesa e as partes pudessem se pronunciar”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro