2 de fevereiro de 2018 às 20h09min - Por Mário Flávio

O vereador Marcelo Gomes criticou a pressa na aprovação do projeto que autorizou a Prefeitura a contrair empréstimo de R$ 83 milhões, junto à Caixa,  votado, segundo ele, em tempo recorde no recesso da Câmara em janeiro.

O parlamentar do PSB observou que a “falta de diálogo e de debate tirou a legitimidade do projeto, aprovado sem discussão e sem uma correta avaliação dos vereadores. E o pior é que não ficou claro o grau de comprometimento das finanças do Município no médio prazo”.

Marcelo deixou clara a sua atitude como oposicionista, de não mais permitir essa forma de pressão do Executivo resultante numa diminuição do papel do Legislativo nas decisões importantes para Caruaru. “Vamos manter o acompanhamento sério e detalhado sobre o destino do valor aprovado e vamos seguir passo a passo o andamento da Ação Popular que já está na Justiça, na certeza de que a Câmara será chamada a se pronunciar a respeito”.

O parlamentar fez referência a uma Ação Popular,  na justiça local, que pretende sustar os efeitos da aprovação do empréstimo, sob alegação de descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e de quebra do devido processo legislativo.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro