5 de maio de 2012 às 19h10min - Por Mário Flávio

O diretor de projetos da Secretaria de Infraestrutura e Políticas Ambientais de Caruaru, Lula do Mel, tirou férias do cargo no final de abril, mas já revelava a intenção de pedir demissão no mês passado. E ele próprio admitiu que fez a carta de desligamento do cargo, mas que o prefeito Zé Queiroz não a aceitou, por isso, ele diz que está procurando chegar à solução mais adequada para sua situação na prefeitura. No entanto, os motivos para o desejo de saída continuam os mesmos: a perspectiva de assumir outros projetos, o desgaste no cargo e até mesmo as divergências profissionais com o diretor de Meio Ambiente, Jorge Quintino, que retornou recentemente ao cargo.

“Eu já me sinto fora da prefeitura, mas essa é uma situação complicada, eu saí de férias, mas com a vontade de sair do cargo, por isso já tinha enviado a carta de demissão, mas o prefeito não aceitou, então aproveitei esse período de férias para resolver essa situação e chegar a um entendimento. Mas, estou assumindo outros projetos e pretendo me dedicar a eles”, explicou Lula.

Ele ainda respondeu que as diferenças com Jorge realmente existem, ainda que ele afirme se tratar de um motivo secundário para a saída da prefeitura. “É, realmente, isso faz parte do processo, pois tenho mesmo algumas diferenças de trabalho com ele e não é algo para se negar”, comentou. Mas, ainda segundo Lula, seu trabalho durante a gestão Queiroz foi produtivo e ele diz que procurou trazer investimentos de preservação ambiental para Caruaru, como as articulações para disponibilizar verbas para o tratamento do Rio Ipojuca, em sua passagem por Caruaru.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro