14 de dezembro de 2017 às 19h04min - Por Mário Flávio

Outro discurso que chamou atenção na sessão desta quinta-feira (14) foi do líder do governo Leonardo Chaves. Ele voltou a cobrar diálogo do executivo com a Casa.

“A prefeita ainda não conversou com os vereadores sobre os projetos é começou ao mesmo tempo. Teve aqui o imbróglio jurídico levantado pela Casa, e o presidente da Casa pediu uma reunião com o jurídico da prefeitura. Eu fui a reunião como ouvinte, nem tanto como vereador. Tudo que está nesse projeto está determinado pela Caixa e vai ser esclarecido e onde o dinheiro vai ser usado. Mas toda vez que se fala em dinheiro aí aparecem mil problemas. O vereador Daniel Finizola disse que a prefeita vai fazer um empréstimo para outro prefeito pagar, mas qual prefeito ou governador fez um empréstimo para ele mesmo pagar?” Indagou.

Chaves disse ainda que o projeto pode ser retirado para que algumas alterações possam ser feitas e que o mesmo pode ser reapresentado até esta sexta-feira (15).

O vereador ainda levou a Tribuna a lista de empréstimos feita pelo governo de Pernambuco para mostrar que essa é uma realidade normal na gestão pública. “Caruaru tem uma capacidade de contrair empréstimos de até um bilhão e meio de reais, mas a prefeita vai fazer um de menos de 10% do valor. É uma realidade que vários prefeitos estão recorrendo. Alguém quebrou esse país e o estado passa por uma situação difícil e Caruaru não é uma ilha, para estar em situação diferente”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro