13 de maio de 2013 às 09h55min - Por Mário Flávio
Lícius diz que não houve discussão sobre a nomeação de Lino. A foto é do arquivo da Câmara

Lícius diz que não houve discussão sobre a nomeação de Lino. A foto é do arquivo da Câmara

O presidente do PCdoB em Caruaru, Lícius Cavalcanti, comentou a nomeação de Lino Portela (PCdoB), para a função de novo Diretor do Orçamento Participativo na Capital do Agreste. Segundo ele, a nomeação é pessoal e não representa o partido, já que não houve uma conversa entre os comunistas para debater a nomeação.

De acordo com Lícius, a prática desse tipo de nomeação é comum em Caruaru. “A discussão poderia ter passado pelo crivo do partido, mas não houve, foi uma questão pessoal, infelizmente essa é uma prática equivocada da atual gestão, uma estratégia que fortalece as pessoas e enfraquece as legendas. Mesmo assim, Lino está de parabéns, já que faz tempo que ele buscava essa nomeação”, alfinetou.

Outra reclamação de Lícius diz respeito a função de Lino, já que segundo ele, devido a importância do PCdoB, se a vaga fosse para a sigla, uma diretoria é pouco. “Fico aqui me perguntando o fato de ser apenas uma diretoria. O PCdoB retirou uma candidatura a prefeito, concedeu o tempo de TV, a legenda deu apoio, será que isso não renderia ter uma secretaria? Uma diretoria é o tamanho do PCdoB?”, indagou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro