16 de fevereiro de 2012 às 08h00min - Por Mário Flávio

O presidente da Câmara de Caruaru, vereador Lícius Cavalcanti (PCdoB), segue com a intenção de promover o debater sobre o cadastramento biométrico realizado em Caruaru. Após sinalizar a intenção de promover uma audiência pública para debater o tema, o comunista enviou ofício ao cartório eleitoral para saber a quantidade de eleitores cadastrados nas três zonas eleitorais da Capital do Forró. Com os dads em mãos, alguns questionamentos devem ser abordados durante a realização da audiência.

Assessores próximos do presidente da Casa Jornalista José Carlos Florêncio fizeram um levantamento em cidades que realizam o procedimento e encontraram aspectos a serem questionados junto ao TRE. As cidades de Piracicaba e Goiania, por exemplo, contam com ônibus itinerantes para que a população se recadastre. “Se nesses dois locais existe esse tipo de ação, por qual motivo em Caruaru não foi possível realizar um procedimento igual?”, ingadou o relações Institucionais da Casa, Lino Portela.

A audiência deve ser realizada no mês de março e a intenção de Lícius e provocar o debate sobre a quantidade de fichas distribuídas e as condições de atendiento oferecidas pelo TRE, que segundo o comunista, não são as ideais.

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro