15 de abril de 2013 às 11h25min - Por Mário Flávio

Leonardo Chaves  - FOTO - VLADIMIR BARRETO (4)

O presidente da Câmara de Caruaru, Leonardo Chaves (PSD), perdeu a paciência com o atraso e os problemas encontrados na obra de reforma da Casa Jornalista José Carlos Florêncio. Ele disse que devido a quantidade de problemas encontrados, vai até a sede do Tribunal de Contas para receber orientações a respeito do que fazer com a obra.

De acordo com o decano na Câmara, como a obra é recente e alguns pontos estão sendo refeitos, ele quer ter a segurança jurídica. “Eu vou pedir o auxílio do Departamento de Engenharia do Tribunal de Contas do Estado porque estou numa situação difícil. Comecei a arrumar a sala onde vai funcionar a secretaria e tive uma surpresa. Quando as pessoas começaram a procurar alguns pontos para energia, tiveram que retirar alguma placa do teto feito em gesso, mas quando o gesseiro se aproximou me fez um alerta sobre o arame que usaram na obra, é de péssima qualidade e por isso ele me orientou a não mexer, pois o teto poderia cair na cabeça de alguém. Como eu vou justificar iniciar uma obra em cima da outra?”, indagou.

No entanto, o veredador disse que a intenção não é promover caça as bruxas contra o ex-presidente da Casa, Lícius Cavalcanti. “A minha intenção não é essa, quero responsabilizar a empresa que fez a obra e o engenheiro que foi contratado pela Câmara para fazer o acompanhamento da mesma”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro