15 de março de 2012 às 10h30min - Por Mário Flávio

Ainda rende a polêmica na Câmara sobre provável candidatura de Marcelo Gomes (PSB) a vereador. Desde que ele disse que tinha interesse em se candidatar, que o vereador Leonardo Chaves (PSD) esbravejou. Primeiro ele defendeu a tese que se Marcelo fosse mesmo candidato, o PSD deveria reivindicar a vaga de vice, uma espécie de retaliação com a família Gomes, já que Leonardo acredita que o filho de Jorge e Laura seria privilegiado. Tanto Laura, quanto Jorge negam tal favorecimento.

Mesmo com as declarações do casal, o vereador Leonardo Chaves segue irritado com as avaliações feitas na imprensa e soltou o verbo. “Existe a possibilidade de Marcelo Gomes sair candidato a vereador e por conta disso se criou uma celeuma em torno do meu nome. Fui o único vereador na Câmara que participei ativamente da campanha e votei em Laura Gomes, por conta disso, sou sempre indagado pelas pessoas como fico se Marcelo for candidato. Ora, sou vereador há 36 anos consecutivos, votei em vários deputados, sejam eles estaduais ou federais e nunca um me ajudou em nada, já que nunca precisei de ajuda em toda minha vida pública, não é agora que vou precisar de ajuda de deputado ou deputada para me reeleger vereador. Já fui candidato a vereador disputando com Wolney Queiroz e na época obtive mais votos que ele”, disse.

Decano na Casa, ele ainda mandou um recado para a deputada licenciada e secretária estadual de Ressocialização. “Laura fique a vontade para colocar Marcelo e quem ela quiser para ser candidato a vereador. Sou daqueles candidatos que se preocupam com a minha candidatura e tenho certeza que serei reeleito, com muito mais votos que na eleição anterior, para chegar aos meus 40 anos de vida pública”, disse.

Com 36 anos de mandatos, vereador diz que nunca recebeu apoio de deputado. Imagem: Vladimir Barreto

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro