16 de março de 2012 às 09h00min - Por Mário Flávio

O vereador Leonardo Chaves (PSD) voltou a comentar as relações políticas de Caruaru. Na sessão da terça-feira (13), na Câmara Municipal, o vereador citou que não dependia de deputados para se reeleger, referindo-se aos comentários de que ele estaria incomodado com a candidatura de Marcelo Gomes, filho da secretária e deputada licenciada, Laura Gomes (PSB). Mas nessa quinta-feira (15), Leonardo foi além e reclamou diretamente do que ele chama de hierarquia familiar na cidade, em que o poder passa de pai para filho.

“Eu não farei isso com meu filho, não vou forçá-lo a se candidatar a vereador, como acontece com outros políticos da cidade. É lamentável essa tradição na cidade, de passar poder de pai para filho, Caruaru já está cheio disso, filhos que ganham herança política sem ao menos terem experiência política”, criticou quando indagado sobre qual a possibilidade de incentivar um de seus filhos a entrar no mundo político.

Essa alfinetada serve para os principais grupos políticos que polarizam o poder na Capital do Agreste há anos, mas o momento especificamente se referiu à possível candidatura de Marcelo, que representaria essa relação de herança política antiguada na opinião de Leonardo.

 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro