21 de março de 2013 às 11h55min - Por Mário Flávio

20130321-023052.jpg

A secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSDH), realiza durante a Semana Santa a “Paixão por Direitos Humanos”. O projeto tem o intuito de promover acessibilidade nos principais espetáculos da Paixão de Cristo de Pernambuco. Além disso, técnicos da assistência social da SEDSDH farão panfletagem e sensibilização com foco na prevenção ao abuso e exploração de crianças e adolescentes e trabalho infantil.

Pela terceira vez a encenação teatral de Fazenda Nova, em Brejo da Madre de Deus, terá acessibilidade para as pessoas com deficiência. Durante os espetáculos dos dias 21 e 22 de março, intérpretes de Libras e áudio descritores estarão possibilitando o entendimento para os surdos e pessoas com deficiência visual a compreenderem a trajetória de Jesus Cristo.

O município de Moreno este ano também será contemplado com áudio descrição e Libras. Na primeira noite do espetáculo, intitulado como “Em Moreno também se Vive uma Paixão”, no dia 28 de março, haverá total acessibilidade para as pessoas com deficiência, além de equipe socioeducativa da SEDSDH, que estarão abordando as pessoas, visitando hotéis e postos de gasolina, promovendo panfletagem com o objetivo de alertar a população de como prevenir ao abuso e exploração de crianças e adolescentes.

Outros três municípios também promoverão acessibilidade, entre eles Recife e Olinda atenderão os surdos durante sua apresentação do dia 27 de março, disponibilizando intérpretes de LIBRAS e apoio qualificado para as pessoas com deficiência durante todo o espetáculo, em uma parceria da SEDSDH com a Faculdade FAFIRE. Garanhuns também promoverá acessibilidade com intérprete de Libras durante à noite de quinta-feira (28).

Laura Gomes, secretária Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, destacou que “em todos os municípios a equipe de atuação dos espetáculos receberão orientações e capacitações para trabalharem na locomoção das pessoas com deficiência ou de idosos que tenham dificuldade de acompanhar as cenas. Além disso, uma parceria da SEDSDH com a sociedade Teatral de Fazenda Nova possibilitou a disponibilização de 150 ingressos para os dias 21 e 22 de março, destinados exclusivamente para pessoas com deficiência com menor poder aquisitivo”, ressaltou.

Toda a ação está sendo coordenada pela Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (SEAD), que faz parte da SEDSDH.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro