27 de outubro de 2016 às 05h06min - Por Mário Flávio

O Tribunal Superior Eleitoral recebeu até agora mais de 61 mil registros de irregularidades pelo aplicativo Pardal, que permite a realização de denúncias de propaganda eleitoral irregular. Desse total, mais de 29 mil foram denúncias sobre irregularidades em propagandas eleitorais e cerca de 10 mil sobre crimes eleitorais. Quanto às acusações relativas à compra de votos, o aplicativo recebeu aproximadamente sete mil denúncias. De acordo com o TSE, São Paulo é recordista de denúncias pelo aplicativo Pardal, com mais de 12 mil registros.

Em segundo lugar está Paraíba, com cerca de cinco mil denúncias. Em seguida, vem Pernambuco, com aproximadamente o mesmo número. Qualquer cidadão pode delatar irregularidades praticadas por candidatos e partidos políticos. As denúncias são feitas pelo aplicativo Pardal, com o envio de fotos, vídeos ou áudios que comprovem indícios de crime. O material é encaminhado para análise do Ministério Público Eleitoral, que avalia a consistência das informações recebidas e pode formalizar denúncias aos juízes eleitorais de cada localidade.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro