19 de janeiro de 2013 às 16h25min - Por Mário Flávio

A Justiça de Jersey chegou ao valor final que o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) foi condenado a devolver à Prefeitura de São Paulo por causa de desvios de recursos entre 1997 e 1998: US$ 28,3 milhões (ou R$ 57,9 milhões). A sentença com o valor foi divulgada ontem em Jersey, uma ilha no canal da Mancha, ao lado da Inglaterra.

A corte ainda terá que julgar um recurso de Maluf contra a decisão, o que deve ocorrer entre março e abril. À época em que a Justiça de Jersey condenou Maluf, em 16 de novembro do ano passado, os juízes divulgaram o valor original dos recursos desviados: US$ 10,5 milhões (R$ 21,5 milhões).

A assessoria de comunicação do deputado federal Paulo Maluf afirma que não vai comentar a sentença que estipula o valor final a ser devolvido à Prefeitura de São Paulo porque ele não é réu nem parte do processo que correu na corte de Jersey, mas sim duas empresas “offshores” (Kildare e Durant). Maluf repete há 11 anos e meio que não tem e nunca teve contas no exterior.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro